Candidatos a Vereador em São Paulo 2020 – Lista de nomes por partido

Falta menos de 12 meses para as eleições 2020 e como todos os anos o eleitor se depara com um enorme número de candidatos para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador.

Candidatos a Vereador em São Paulo 2020

Os nomes dos candidatos a vereador em São Paulo ainda não foram revelados oficialmente, mas espera-se um número maior de inscrições, uma vez que muitos tentarão uma vaga na política aproveitando da intensidade do momento político no país e o nível de revolta da população.

Como de praxe, haverá quem venda ideia de “heróis do povo”. São eles os cabos, soldados, delegados e pessoas conhecidas da população ou com participações relevantes nas comunidades e partidos.

Até o segundo semestre de 2020 deve-se ter a confirmação dos nomes que entraram na disputa em cada partido. Mas como os nomes ainda não foram divulgados, segue abaixo, a lista dos vereadores eleitos nas últimas eleições e quantos votos obtiveram, segundo informações do Supremo Tribunal Eleitoral. Afinal, é comum que muitos deles tentem a releição para o mesmo cargo ou como prefeito. Nas últimas eleições, por exemplo, foram 33 que se reelegeram,totalizando um total de 53 parlamentares na categoria. São eles:

  • Adilson Amadeu (PTB) – 67.071 votos
  • Alfredinho (PT) – 36.324 votos
  • Antonio Donato (PT) – 32.592
  • Arselino Tatto (PT) – 26.596
  • Atilio Francisco (PRB) – 46.961
  • Aurélio Nomura (PSDB) – 41.954
  • Celso Jatene (PR) – 52.715
  • Claudinho de Souza (PSDB) – 24.923
  • Conte Lopes (PP) – 80.052
  • David Soares (DEM) – 24.892
  • Edir Sales (PSD) – 39.062
  • Eduardo Tuma (PSDB) – 70.273
  • Eliseu Gabriel (PSB) – 52.3558
  • George Hato (PMDB) – 26.104
  • Gilberto Natalini (PV) – 28.006
  • Gilson Barreto (PSDB) – 38.564
  • Jair Tatto (PT) – 30.989
  • Juliana Cardoso (PT) – 34.949
  • Mario Covas Neto (PSDB) – 75.593
  • Milton Leite (DEM) – 107.957
  • Noemi Nonato (PR) – 32.116
  • Ota (PSB) – 45.915
  • Patricia Bezerra (PSDB) – 45.285
  • Paulo Frange (PTB) – 29.242
  • Police Neto (PSD) – 33.537
  • Reis (PT) – 29.308
  • Ricardo Nunes (PMDB) – 54.692
  • Ricardo Teixeira (PROS) – 28.515
  • Sandra Tadeu (DEM) – 34.1852
  • Senival Moura (PT) – 45.320
  • Souza Santos (PRB) – 55.924
  • Toninho Paiva (PR) – 35.219
  • Toninho Vespoli (PSOL) – 16.0124
  • Adriana Ramalho (PSDB) – 29.756
  • Alessandro Guedes (PT) – 26.780
  • Aline Cardoso (PSDB) – 25.769
  • André Santos (PRB) – 37.393
  • Camilo Cristófaro (PSB) -29.603
  • Claudio Fonseca (PPS) – 18.444
  • Daniel Annenberg (PSDB) – 36.983
  • Dr. Milton Ferreira (PTN) – 21.849
  • Eduardo Suplicy (PT) – 301.446
  • Fabio Riva (PSDB) – 28.041
  • Fernando Holiday (DEM) – 48.055
  • Gilberto Nascimento Jr (PSC) – 30.382
  • Isac Felix (PR) – 25.876
  • Janaina Lima (NOVO) – 19.425
  • João Jorge (PSDB) – 42.404
  • Rinaldi Digilio (PRB) – 20.916
  • Rodrigo Goulart (PSD) – 49.364
  • Rute Costa (PSD) – 33.999
  • Sâmia Bomfim (PSOL) – 12.464
  • Soninha (PPS) – 40.113
  • Tripoli (PV) – 88.843
  • Zé Turin (PHS) – 14.957

Candidatos a vereador em outras cidades do Brasil

Confira quais são os nomes confirmados na disputa eleitoral de 2020 na categoria de vereador em outras cidades do Brasil. Basta clicar nos links para ser redirecionado para o post completo da cidade.

votação no Brasil

O que faz um vereador?

São os vereadores responsáveis por criar as leis de um município e aprovar obras para a cidade e o bairro pelo qual foi eleito.

Além disso, é de responsabilidade dos vereadores cobrar e fiscalizar as atuações do prefeito e do executivo como um todo, bem como acompanhar obras e aprovar projetos também cabe aos vereadores.

O que faz um vereador

Salário de um vereador

Segundo dados da Câmara Municipal de São Paulo a remuneração bruta mensal de um vereador nos dias atuais é de R$ 18.991,68 com descontos de:

  • R$ 642,34 da contribuição previdenciária;
  • R$ 4.176,71 do Imposto de Renda.
  • Faltas e afastamentos.

A remuneração líquida fica em R$ 14.172,63.

Datas das eleições

Calendário

  • Primeiro turno será dia 4 de outubro de 2020
  • o segundo turno no dia 25 do mesmo mês.

A apuração dos votos deverá acontecer logo após o término da votação e normalmente tendo os resultados divulgados no mesmo dia.

Resultado para eleições de Vereador – Como acompanhar?

Existem muitas formas de acompanhar as eleições e o desempenho do seu candidato. As próprias redes de televisão apostam muito nas programações para a hora da votação, com coberturas de de hora em hora e repórteres de plantão.

Para as pessoas mais envolvidas com a politica, muitos partidos separam lugares para que seus candidatos possam acompanhar os resultados juntos.

Regras para as eleições 2020

ResultadoA mudança de maior impacto até o momento é a de que os partidos não poderão fazer as famosas coligações partidárias, que distribuíam vagas levando em conta os votos dados para um partido de determinada aliança.

Outro projeto que ja havia sido aprovado no Congresso fixa uma base para gastos, que deverá ter os mesmos limites de 2016 – de acordo com as correções da inflação e seguindo os estudos do IPCA (índice de Preços ao Consumidor Amplo).

As doações poderão ser feitas somente por pessoas físicas e com o limite de 10% com base no que a pessoa ganhava no ano anterior ao período eleitoral.

O auto-financimento poderá ocorrer, mas só pode ser investido 10% para despesas de campanha de acordo com o cargo.

Propaganda Eleitoral

A propaganda eleitoral obrigatória e gratuita é permitida somente 35 dias antes das eleições e deverá parar dois dias antes do dia de votação.

Não poderá ser usado nenhum tipo de efeito especial, desenho animado ou truques de qualquer espécie.

Para as campanhas na internet, os partidos e candidatos podem usar de ferramentas para impulsionar conteúdos políticos (pagos ou não), mas esses impulsionamentos não poderão ser feitos por pessoas físicas.

No dia de votação

O que é proibido nos dias em que acontecem as eleições?

  • Impulsionar conteúdos eleitorais na internet;
  • boca de urna;
  • Qualquer tipo de propaganda eleitoral.

Apenas serão permitidas as manifestações individuais, desde que não sejam consideradas propaganda irregular. Está permitido ir votar com a bandeira do partido no corpo, camisa, broches e adesivos.

Será proibida a aglomeração de pessoas com camisas e bandeiras de um mesmo partido, mesmo após o termino do período de votação.

Deixe seu Comentário

WebGo Content