Candidatos a vereador em São Bernardo do Campo 2020 – Quem são?

As eleições municipais deste ano já começaram a movimentar as discussões políticas em diversas cidades. Serão votados nas próximas eleições os representantes para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador.

Em São Paulo, as eleições acontecem em 645 municípios. Para votar é necessário conhecer bem os candidatos e escolher aquele que tem o perfil político mais parecido com o seu. Confira abaixo mais informações sobre as eleições 2020 em São Bernardo do Campo.

Candidatos a vereador em São Bernardo do Campo 2020

Até o momento, nenhum nome foi divulgado para candidato a vereador em São Bernardo do Campo. É possível que rumores sejam divulgados em breve. Os candidatos têm até meados de agosto para se candidatar.

O site do TSE será responsável pela divulgação dos candidatos oficiais.

Candidatos a vereador em outras cidades do Brasil

Confira quais são os nomes confirmados na disputa eleitoral de 2020 na categoria de vereador em outras cidades do Brasil. Basta clicar nos links para ser redirecionado para o post completo da cidade.

votação no Brasil

Data das eleições 2020

eleições-2020As eleições 2020 tem data prevista para 4 de outubro de 2020. O 2º turno das votações será realizado no dia 25 de outubro.

Funções de um vereador

O vereador é responsável por elaborar leis municipais e verificar a atuação do poder Executivo, ou seja, do prefeito. Além disso, eles discutem os projetos de lei que tem aplicabilidade no município e fazem sua aprovação por meio de votação.

Dentre as leis que os vereadores aprovam está a Lei Orçamentária Anual, que estipula aonde a arrecadação pública será empregada.

O que faz um vereador

Eleições em 2020

Foi estipulada a cláusula de barreira nas eleições para vereador em 2020. Essa lei limita a atuação de partidos políticos que não obterem uma quantidade mínima de votos dentro do Congresso.

Essa cláusula foi aprovada em 2017 durante a Reforma Política e começou a valer nas eleições de 2018. Antes de sua aprovação, todos os partidos políticos recebiam uma parte do fundo partidário. Além disso, todos tinham tempo de propaganda nas grandes mídias, como rádio e TV, calculado de acordo com o tamanho da bancada no partido na Câmara.

Agora, para que os partidos tenham direito a esse tempo de propaganda e ao fundo partidário, eles precisam atingir o mínimo de votos (1,5% do total de votos válidos em 9 estados ou mais). Além disso, em cada estado a legenda precisa ter ao menos 1% dos votos válidos ou eleger 9 deputados entre os estados.

Além dessa lei, outras alterações que passam a valer em 2020 são:

  • O fim das coligações proporcionais;
  • O partido precisa registrar seu estatuto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até seis meses antes do pleito.
  • Aumento do número de candidatos concorrendo por partido;
  • Criação de um fundo especial de financiamento de campanhas políticas;
  • Diminuição do tempo de domicílio eleitoral;
  • Cada partido deve ter no mínimo 30% de candidatas mulheres;
  • A idade mínima para se candidatar a vereador é de 18 anos, e de 21 anos para prefeito e vice-prefeito;
  • O candidato poderá se autofinanciar em até 10% do limite de gasto para o cargo;
  • Somente pessoas físicas podem fazer doações a partidos políticos;
  • É permitido que os candidatos façam vaquinha online para arrecadação de dinheiro para campanhas;
  • A propaganda eleitoral só será permitida a partir de 15 de agosto de 2020;
  • A propaganda em redes sociais é permitida;
  • A propaganda eleitoral só será permitida até as 22 horas do dia anterior da votação;
  • É proibido qualquer tipo de propaganda eleitoral no dia da eleição, constituído como crime;
  • É permitida a realização de debates com, no mínimo, 5 candidatos.

Como votar nas eleições 2020

Para votar, é imprescindível possuir o título de eleitor. O título pode ser feito a partir dos 16 anos de idade (quando o voto é opicional), ou a partir dos 18 anos,  quando o voto passa a ser obrigatório.

Caso não queira portar o título físico nos dia das eleições, é possível baixar o aplicativo e-titulo no celular. Esse aplicativo foi lançado em 2018 pela Justiça Eleitoral e tem como objetivo facilitar a votação. No entanto, para poder usar somente o título online, é preciso que você faça seu cadastro biométrico. Além disso, o aplicativo precisa conter sua foto. Caso não tenha, ainda é necessário portar seu documento de identidade original e com foto no dia da eleição.

O aplicativo e-titulo está disponível tanto para Android como iOS. Para utilizar, cadastre seus dados pessoais.

Vereadores 2020

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content